No dia 12 de Novembro de 2016 teve lugar no “Hotel Palácio do Estoril” em a Reunião Anual de Electrofisiologia, organizada em conjunto pela APAPE e pelo IPRC. A coordenação científica pertenceu aos presidentes das duas instituições, tendo a elaboração do programa sido da responsabilidade da vice-presidente da APAPE para a área de Electrofisiologia e do vice-presidente do IPRC. A logística da reunião foi assegurada pelo presidente e secretariado do IPRC, com o apoio da empresa de eventos Xarm.

A reunião teve 70 inscrições, tendo estado representados quase todos os centros nacionais de electrofisiologia. A realização teve o apoio de seis firmas da indústria de dispositivos médicos, tendo estado presentes 35 membros dos respectivos staffs.

O programa, que pode ser consultado em anexo, compreendeu da parte da manhã duas mesas redondas, a primeira centrada nas novas Tecnologias, abordando principalmente as mais recentes técnicas de mapeamento prévio à ablação de arritmias supraventriculares e ventriculares e a segunda mesa dedicada à ablação da fibrilhação auricular persistente. A parte da tarde teve uma formatação inovadora, compreendendo uma primeira sessão que englobava três controvérsias sobre temas polémicos recentemente publicados e uma sessão de casos clínicos centrados no tema da sessão (electrogramas / mapeamentos), seleccionados por um Júri de entre todos os que fossem enviados pelos centros de electrofisiologia sendo critério de selecção a utilização de novas metodologias ou a efectivação de procedimentos baseados em novos conceitos.

Esta reunião veio destacar mais uma vez a importância da organização de pequenas sessões em que são abordados problemas práticos entre as pessoas que utilizam as diversas técnicas e que discutem umas com as outras aquilo que fazem no seu dia-a-dia; foi assim possível suscitar uma larga participação dos assistentes.

PROGRAMA DA REUNIÃO DE ELECTROFISIOLOGIA